Em 2015 um estudo da Organização Mundial de Saúde apontou que 1,1 bilhão (!) de adolescentes e jovens adultos na faixa entre 12 e 35 anos corriam o risco de perdas auditivas devido ao uso não seguro de dispositivos de áudio móveis (50%) e a *exposição a níveis perigosos de pressão sonora em locais públicos (40%).

Leia Mais